;

Patrimônio Histórico Circuito das Águas Paulista

Patrimônio Histórico nas cidades da região


Por qualquer uma das cidades do Circuito das Águas Paulista que se circule, a história do Brasil está muito bem retratada na arquitetura dos casarões, das Igrejas e nas Fazendas de Café, que dominaram a região desde o período áureo da produção cafeeira, até seu declínio em 1929.

Amparo - Percorrer as ruas da cidade, é voltar no tempo, é um museu a céu aberto. São 558 prédios listados e 50 imóveis tombados em diversos estilos arquitetônicos, do Neo clássico, Gótico e Art Nouveau. 
Na rua XV de Novembro, os monarquistas, abolicionistas, republicanos e comunistas, eram grandes formadores de opinião nacional, nasceram ou residiram nela e até hoje suas casas estão preservadas.
Ainda em Amparo, o Museu Bernardino de Campos é considerado um dos mais completos da região, com aproximadamente 19 mil peças, distribuídas em 11 salas. O acervo conta com peças da época da escravidão, mobiliário, veículos e artefatos bélicos usados na Revolução Constitucionalista de 1932. 

Socorro - A primeira ponte de concreto foi construída no início do século XX para receber o então governador do Estado de São Paulo. Com a imigração italiana e portuguesa, as casas em Socorro, sofreram forte influência arquitetônica, conferidos em 12 prédios históricos tombados e mais de 100 listados nos arredores da cidade, que são de arquitetura Colonial, Neo Clássica e Eclética.

Jaguariúna - Possui poucas, mas belas casas e a única Igreja em estilo Gótico da região. A Centenária Igreja de Santa Maria. A antiga estação da linha Mogiana é um verdadeiro patrimônio histórico ferroviário. 

Monte Alegre do Sul - Na pequena e bucólica cidade, as casas em torno da praça principal, foram construídas pelas técnicas de taipa de mão e taipa de pilão e mantêm suas características originais. Além de exemplares no estilo Neo Colonial. 
O Santuário do Senhor do Bom Jesus teve sua arquitetura inspirada na “Igreja Renascentista Il Gesu”, em Roma.

As antigas fazendas de café abertas a visitação encantam pela beleza arquitetônica, mantendo suas características originais, terreiros, tulhas, senzalas, casas de colonos e mobiliário de época. Vale a visita às Fazendas São João Baptista, em Pedreira, Engenho das Palmeiras e Fazenda Atalaia em Amparo

Lindóia - No Museu Centro de Memória, uma sala especial conta a história da água mineral e mantém um documento de compra de água que foram enviadas à Lua na expedição da Apollo 11.

Águas de Lindóia - Possui uma das mais belas obras vivas criada pelo paisagista Moderno Burle Marx, a Praça Adhemar de Barros e o Balneário Municipal, assinado por Osvaldo Arthur Brakthe.

Holambra - O Museu Histórico e Cultural de Holambra, localizado na Alameda Maurício de Nassau s/n, no centro de Holambra, expõe esta história de imigração e colonização holandesa, através de um acervo de duas mil fotos, réplicas de casas de pau-a-pique e alvenaria devidamente mobiliadas da época, como também, objetos, maquinarias e tratores utilizados pelos imigrantes.



© Copyright 1998 - 2017 - CircuitodasAguasPaulista.com.br
by Frequencia.com.br